Comprinhas nas gringa: Maroccanoil, Go Blonder John Frieda e Bun Ease

A Tati voltou de viagem e trouxe o abençoado Maroccanoil pra mim. O meu Oil Miracle da Schwarzkopf (SAÚDE!) já tava no fim e achei melhor garantir uma novo. Ainda acho que tá valendo comprar lá fora. Esse grande custou 40 dólares. Por aqui não tá por menos de 200 dilmas. 

Depois de testar ele após um longo período usando os irmãos da Inoar e Schwarzkopf é que a gente vê a grande diferença. Tô usando como leave-in também, coisa que não fiz da primeira vez que testei. E tô gostando muito. Nem recomprei meu SD-RD amado que acabou de acabar só pra ver se consigo ficar só com o óleo. Veremos. Pra acabamento ele é o melhor mesmo. O da Innoar coitado, perde muito pra ele.
Depois vou tentar fazer comparação dos três pra vocês. 


Além do óleo, que já era encomenda, a Tati me deu essa rosquinha pra fazer coque. Achei bem prática mas no meu cabelo ela ficou aparecendo. Acredito que tenha uma mais escura pras morenas. Depois vou tentar de novo com a rosquinha diminuída. Tinha pra vender dela na Tonicha, que agora tem e-commerce (amém!!), mas fui dar uma busca por lá e não estou mais achando. 

E de quebra ganhei o Go Blonder da John Frieda que eu uso pra clarear as pontas do cabelo. A Tati já tentou usar mas não viu efeito ai desapegou aqui em casa. Mas é que ela já é bem loira, então acho que não dá pra notar o efeito direito. No meu cabelo eu gosto. É um jeito de matar minha vontade de pintar sem ter que fazer algo mais radical. Recomendo pra quem quer um efeito bem leve. Dá pra usar na praia e deixar o sol agir ou em casa secando com o secador. 

Toda vez que eu vou no salão fazer escova o povo pergunta onde eu pinto o cabelo por conta das mechas leves feitas com o Blonder. Amo mesmo e recomendo. Aprendi a usar depois de ler um post super antigo no Dia de Beaute e sou fã até hoje. Tem dele pra vender no ebay nessa vendedora que já comprei outros produtos: Stephensonsonline.

E a pergunta do dia é: Como vocês usam óleo nos cabelos?